Futilidades · Saga Ruiva

Histórico Capilar

Olá pessoas!

Um dos assuntos que mais abordarei no blog será como consegui atingir a cor atual do meu cabelo, o tão desejado ruivo acobreado. Não foi fácil e na verdade é uma saga que ainda não chegou ao fim, pois como fiz o processo todo em casa algumas coisas saíram erradas e eu vou relatar tudo aqui pra vocês, assim como o que estou fazendo para corrigir a cor, manutenção do tom e os cuidados para mantê-lo hidratado e saudável.

Antes de tudo, acho importante apresentar o histórico do meu cabelo, pois influência muito no resultado final.

  • Como é meu cabelo natural?

Castanho escuro, ondulado, volumoso e oleoso na raiz.

Na época da minha adolescência sempre pintava o cabelo de preto pois achava o castanho sem graça. Eis que em meados de 2008 resolvi que queria deixar a parte debaixo do meu cabelo loira, felizmente  achei melhor fazer o processo em um salão de beleza, então ficou assim:

Bem emuxa né? Haha.

Eu amava esse cabelo, fiquei com ele por 3 anos, depois de um tempo fiz mais uma camada loira por dentro no meio do cabelo, o efeito era muito legal, às vezes bate uma saudade ❤

Meu sonho era deixar essas mechas brancas, mas minha cabeleireira tinha muito medo e sempre se recusou a fazer, lá fui eu em outro salão. Quando a moça disse que dava eu quase chorei de alegria (mal sabia o que ia acontecer). Fiquei o dia todo no salão, mas finalmente minhas mechas estavam muito branquinhas, isso que ainda nem tinha secado direito. A moça me sugeriu (e até hoje tento entender o porquê) fazer umas mechas roxas na parte de cima do cabelo, não sei porque diabos eu aceitei, mas eu aceitei. E aí amigos, eu vi meu sonho platinado ser transformado em um mar de tinta roxa. Era muito tarde, só tinha eu no salão, a dona e uma ajudante, a dona pediu para essa moça enxaguar meu cabelo após as malditas mechas roxas, ela só deve ter esquecido que tinha acabado de platinar metade do meu cabelo e precisaria de um cuidado especial no enxágue. Resultado: a tinta roxa escorreu toda para parte branca do cabelo e manchou. Manchou muito. Meu cabelo não tinha mais condições de sentir o cheiro do pó descolorante e água oxigenada, a solução? Pintar de roxo de uma vez:

Chorei muito quando cheguei em casa, mas com os dias fui me acostumando e até que acabei gostando.

Depois de muuuuita hidratação, voltei para deixar loiro de novo, obviamente ela não conseguiu abrir para o platinado pois ainda estava muito fraco, mas ainda assim, ficou mais branco do que era antes:

1282966538125_f
Cadê os Hunters? hehe

Depois de 1 ano, cheguei no salão dessa mesma moça e pedi pra ela me deixar ruiva, meu cabelo foi descolorido inteirinho (socorro) e ficou assim:

1318272951695_f
Bem Arielzinha não é mesmo?

Eu não gostava desse tom cereja, sempre pedia pra ela deixar um tom mais avermelhado, depois de um tempo ficou assim:

1316022802329_f

Fiquei uns 2 anos com esse cabelo, até que iniciei minha saga ruiva acobreada. Eu queria muito esse tom de ruivo natural que estava começando a cair no gosto do povo, mas não fazia ideia de que tinta usar, e nenhum salão da minha cidade entendia o que eu queria, ou falavam que era impossível chegar nesse tom. Cada vez mais surgiam meninas com essa cor e eu ficava louca atrás de informações, até que por indicação, achei um salão onde a cabeleireira foi super elogiada, e tinha experiência em colorações, para minha alegria ela tinha o tão sonhado ruivo acobreado. Minha raiz estava praticamente na metade do cabelo, então foi preciso puxar luzes. A tinta que ela usou foi a Truss 8.44, gostei muito do resultado, mas ainda não era exatamente o que eu queria, essa coloração tem um fundo avermelhado, eu queria mais laranjinha.

*OS PRODUTOS DA TRUSS PARA HIDRATAÇÃO SÃO MARAVILHOSOS ❤

19403291_1526167264143061_634537319_o
Truss 8.44

Essa cabeleireira era ótima, só usava produtos bons, por conta disso não era nada barato, com o tempo parei de ir e fiquei sem pintar ou tonalizar = cabelo desbotado e raiz preta gigantesca.

Eu estava muito desesperada por motivos de:

1- Não tinha dinheiro pra ir ao salão todo mês.

2- Mesmo se tivesse teria que encontrar outro, pois a dona tinha se mudado para o interior de SP.

3- Eu tinha a formatura do meu curso e meu cabelo estava feio.

Recorri a minha primeira cabeleireira, e pedi pra passar qualquer tinta ruiva no meu cabelo, pois não aguentava mais ver ele sem cor. Foi aí minha gente, que eu fiz uma escolha muito perigosa, ela não tinha nenhuma tinta ruiva, pedi então para ela pintar de preto:

IMG_20150218_185027220

Achei que tinha assinado meu atestado de “Cabelo claro nunca mais nessa vida”, mas com uma dose de teimosia e 3 de coragem, depois de uns meses fiz em casa duas mechas loiras por dentro do cabelo na parte da frente:

19451751_1527163100710144_548089205_o.jpg

Até que abriu super bem, mas tive que descolorir 4 vezes e matizar toda semana, o que danificou demais essas mechas. Não contente com o resultado, com ajuda da minha tia e em casa, fizemos um ombré hair loiro, minha intenção no futuro era deixar ele platinado, então descolori umas 2 vezes seguidas, a única foto que tenho é essa:

19451584_1527169500709504_1475225421_o

Achei que ficou muito nas pontas e queria subir mais mechas, foi onde meu pesadelo começou, o cabelo ficou todo manchado, num tom loiro muito esquisito, e sem o efeito do ombré hair, ficou todo torto e todo destruído de tanta descoloração, o estrago foi tanto, que eu nem pensei em tirar foto, só pensei em hidratar durante uma semana para jogar qualquer tinta no cabelo. Sorte que estava de férias, então nesses dias que passei cuidando dele só sai de casa para comprar a tinta. Eu tinha colocado na minha cabeça que ia jogar qualquer tinta ruiva que achasse, mas ao chegar na loja a vendedora me indicou uma que era um tom ruivo acobreado, fiquei surpresa e cética, mas resolvi tentar, não lembro o nome da marca e nem a numeração, mas a embalagem era lilás.

19403535_1527169597376161_1044137344_o

Na foto é possível perceber o cabelo manchado mesmo jogando a tinta, que por sinal, deixa um tom bem clarinho de ruivo natural, achei uma tinta discreta, mas que cumpre o papel de ruivo acobreado. Segunda vez que pintei com essa tinta:

19478305_1527186044041183_1129606316_o

Ele desbotou muito rápido, ficou uma cor de cocô de neném (me desculpem, haha) e totalmente destruído, poroso, ressecado, elástico, quebrado, sem vida. Eu fiquei muito desesperada, e comecei a pesquisar o que fazer para recuperar, e que tinta usar. Foi quando conheci a Igora, ela tem uns 3 tons de ruivos acobreados, fora as outras nuances que você pode conseguir fazendo misturinhas das tintas. A primeira vez que usei a Igora ficou assim:

19458432_1527169777376143_1178218554_n

O post ficou grande, mas a saga está longe de terminar, nas próximas postagens vou contar como consegui recuperar meu cabelo, qual tinta atual estou usando, e o que faço para manter a cor. Meu cabelo atual esta assim:

19451916_1527204277372693_2025857311_o

E vocês? Já fizeram muitas loucuras no cabelo? Conte sua história, tire suas dúvidas ou deixe sua opinião aqui nos comentários.

Beijoxxx.

Anúncios

3 comentários em “Histórico Capilar

  1. Amei seus vários eus- é preciso coragem e muito amor próprio para ousar tantas vezes. Acredito que pessoas se conhecem bem e tem autonomia sobre seu corpo sem medo da opinião alheia são as que pouco a pouco ajudam a construir um mundo melhor pique são as demolia vivos de que é possível ser feliz sendo autêntico e tolerando as diferenças.
    https://arwenreleituras.wordpress.com/2017/07/27/perguntinhas-que-nao-querem-calar/

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s