Devaneios · Textos

Eu Não Posso

large (1)

A solidão mais dolorosa é aquela que se sente mesmo estando com alguém. Você não vai ficar essa noite, não têm ficado quase nenhuma, e eu vou pra cama com aquele nó na garganta e o vazio no estômago. As paredes gritam que algo não está certo, tento dizer pra elas que são tantas as coisas erradas…

Você não vai pegar minha mão, acariciar meus cabelos ou plantar um beijo no topo da minha cabeça, vai me deixar na roda como se eu fosse como qualquer outra pessoa em meio a uma qualquer conversa.

Eu vou ouvir eles dizerem coisas da sua rotina que não faço ideia de que acontecem, sentindo a ausência da intimidade me atropelar, alguém vai deixar escapar alguma coisa e eu vou saber, eu simplesmente vou saber que está escondendo algo mais uma vez.

Você vai tentar explicar, você vai tentar me fazer entender, mas eu não vou acreditar. Como eu poderia? Se me olhou nos olhos negando uma verdade em que eu mesma havia testemunhado, como posso conseguir confiar outra vez?

Eu não posso.

Anúncios

10 comentários em “Eu Não Posso

  1. Profundo. Intenso. Sensível. Verdadeiro. Gosto dessa entrega, são poucos que conseguem escrever assim. Belo texto apesar de sofrido, porém é na sofrencia que a gente acaba produzindo as melhores coisas, pelo menos pra mim super funciona. Ótimo dia pra você.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s